Código de Ética

 

Introdução

 

Equidade, respeito pelos outros e pelo meio ambiente, ajuda mútua e solidariedade, são os princípios fundamentais que orientam a Organização e a corrida do Azores Trail Run®.

 

Estes princípios inspiram-se diretamente nos valores propostos pela Associação Internacional de Trail Running (ITRA), entre os quais encontramos a autenticidade, o respeito, a humildade e o fair play.

 

Queremos partilhar estes princípios com todos aqueles que participam no Azores Trail Run®: atletas, parceiros, voluntários, espetadores e habitantes locais.

 

Conscientes de que os nossos eventos ocorrem num contexto, que é ao mesmo tempo grandioso e frágil, o objetivo deste código é o de formular claramente os parâmetros que funcionarão como referência para o nosso comportamento e ações.

 

O trail running está atualmente a passar por alterações importantes, sendo as seguintes as mais percetíveis: um número cada vez maior de participantes oriundos de um crescente número de países, uma diversidade de motivações e perfis cada vez maiores, desafios económicos cada vez mais e mais sensíveis, a segurança, e o impacto no meio ambiente. Neste contexto de mudança, consideramos que é nossa responsabilidade continuar a promovê-lo através de um maior número de valores, que vão para além do próprio aspeto desportivo e fazem do trail running uma verdadeira aventura humana.

 

Equidade

É a procura de um balanço justo, baseado na imparcialidade, igualdade de oportunidades, beneficiando todos os atletas e o reconhecimento dos direitos e deveres de cada um dos participantes no evento (atletas, voluntários, parceiros privados e territoriais, a imprensa e a população local). As nossas corridas são organizadas de forma a que as vantagens sejam iguais para todos, sem que alguns beneficiem de tal maneira, que isso seja uma desvantagem para outros.

As nossas provas estão abertas a todos. As nossas regras são feitas para todos e são aplicadas a todos de igual modo. Todos os atletas têm as mesmas condições e têm os mesmos direitos e os mesmos deveres.

É da nossa responsabilidade garantir este princípio de equidade, fazer o controlo necessário para que todos os participantes tenham as mesmas condições de corrida. Limitamos as zonas, onde a assistência está autorizada, de forma a não penalizar aqueles participantes que não possam beneficiar dela.

Pedimos aos comissários do percurso (árbitros) que assegurem o respeito pelas regras ao longo da prova.

A receção de atletas do mais elevado nível é o objetivo das regras pré-estabelecidas, o que não pode ser desvantagem para os outros atletas.

Os nossos prémios finisher são distribuídos aos atletas, da forma mais justa possível, de acordo com as respetivas contribuições para o evento, e asseguramos que todos os atletas, que acabam a sua prova, recebam o prémio.

 

Respeito pelos outros

O Azores Trail Run® junta entusiastas de uma grande diversidade de culturas, personalidades e motivações.

Respeitar os outros é compreender e aceitar que serão diferentes, e adotar o know how de forma a não os incomodar ou criar obstáculos. É também perceber que ilhas são locais com cultura e tradições próprias.

Trabalhamos permanentemente com uma organização de alta qualidade, estamos sintonizados e tentamos encontrar sempre as respostas.

Limitamos o número de participantes, para não saturar os trilhos e também evitar paragens ao longo do percurso, o que poderá ser prejudicial para a qualidade das provas.

Cada atleta compromete-se a demostrar respeito e sociabilidade para com a população local, e para qualquer pessoa que esteja nos trilhos ao mesmo tempo que eles (outros atletas, locais, caminhantes, staff, etc.).

O respeito tem lugar através da partilha do regulamento, em relação ao qual, cada interveniente (atleta, voluntário, parceiro, jornalista, acompanhante) compromete-se a compreender e respeitar.

Pedimos a todos que não façam batota, em qualquer circunstância e sejam um exemplo de fair play.

 

Respeito por si próprio

A prática de trail running de longa duração acarreta riscos através da procura pelo desempenho e/ou prazer sem limites. Um grupo de profissionais de saúde encarrega-se de otimizar o acompanhamento médico dos atletas, contribuindo para que realizem as provas, e não permitindo que, de maneira alguma, prejudiquem a saúde num prazo, mais ou menos curto, ou corram riscos que ponham em causa a sua segurança e a dos outros.

 

Pedimos a cada atleta o seguinte:

  • que seja particularmente cuidadoso e não tome substâncias de doping e não recorra, erradamente, à automedicação;

 

  • que informe a Organização no caso de utilizar uma prescrição médica sujeita à Autorização de Utilização Terapêutica;

 

  • que aprenda e concorde em não exceder os próprios limites, a ponto de prejudicar a sua integridade física ou mental.

 

Respeito pelo meio ambiente

As nossas provas ocorrem em pequenas ilhas, em zonas elevadas e em zonas de parques naturais. Trata-se de um meio natural frágil, no qual é necessário proteger o consequente equilíbrio, tanto da biodiversidade como da atividade humana.

 

O nosso evento tem que contribuir para a consciencialização geral da fragilidade do ambiente natural. Fazemos todos os esforços para reduzir o nosso impacto. Também reconhecemos, com lucidez que há impactos inevitáveis e comprometemo-nos a fazer todo o possível para os repararmos.

 

Os técnicos ambientais do Parque Natural identificam os riscos gerados pelo evento e propõe ações concretas. Participamos ativamente na definição de normas para o desenvolvimento sustentável e somos cuidadosos ao aplicá-las e melhorar o seu conteúdo. Encorajamos a utilização do transporte disponibilizado pela Organização ou partilha de viatura. Pedimos aos colaboradores dos parques naturais que expliquem as regras das reservas naturais e que assegurem que essas regras sejam respeitadas.

 

Estamos a tentar minimizar, ao máximo, o impacto ambiental relacionado com os nossos eventos, em particular, diminuir o volume do nosso impacto e reduzir a emissão de gases de estufa relacionada com o transporte aéreo.

Gostaríamos de convidá-lo a melhorar o seu conhecimento sobre os Açores, o seu ecossistema e fragilidades, não necessitando de se tornar um perito, mas de forma a agir com responsabilidade e consciência. Encorajamo-lo a a minimizar o seu impacto no ambiente através do qual passa, adotando tanto quanto possível, uma atitude amiga do ambiente:

  • não deite nada para o chão (incluindo aquilo que não vemos) em qualquer zona ao longo do percurso (incluindo áreas habitadas);

 

  • não crie atalhos, uma vez que isso causa erosão nociva do local;

 

  • preserve a flora, respeite a fauna e evite fazer ruídos inadequados;

 

  • respeite rigorosamente as regras das reservas naturais;

 

  • compense a emissão de carbono ao participar na plantação de árvores, evitando viajar em veículos motorizados e favorecendo a utilização do transporte disponibilizado pela Organização ou partilha de viatura.

 

  • visite os museus e centros ambientais.

 

Solidariedade

As zonas elevadas das ilhas podem ser um ambiente hostil, onde o Homem aprendeu as regras da solidariedade e de entreajuda, bem como a viver e prosperar. Por esta razão, pedimos a cada participante no Azores Trail Run®, não importando o local ou circunstância em que se encontre, que torne como sua prioridade a ajuda a qualquer outra pessoa em perigo ou dificuldade.

 

Como organizadores deste evento, estamos convictos que a nossa solidariedade também tem que ser aplicada num contexto mais global, e que é nossa responsabilidade ajudar os mais necessitados. Esta convicção baseia-se na consciencialização dos nossos privilégios e a na nossa ligação aos valores humanistas.

 

Para concretizar este compromisso, favorecemos a ação conjunta e o desenvolvimento sustentável ao nível ambiental, social e económico.

 

Também encorajamos os atletas a <<correram por uma causa>> e a recolherem fundos para beneficiarem associações de caridade, escolhidas por eles próprios, e nós ajudaremos a divulgá-las.

  • Facebook - Círculo Branco
  • Flickr - Círculo Branco
  • YouTube - Círculo Branco
  • Twitter - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle
strava.png
Alto Patrocínio
Associados
Apoio

©2018 Azores Trail Run

desenvolvido por Rê Schermann

Fotógrafos Azores Trail Run®:

Pedro Silva

Nuno Bettencourt

Davide Sousa

Paulo Silva

Outros Sites Açores Trail Run®

Azores Trail Run®

Triangle Adventure

Columbus Trail

Extreme West Atlantic Adventure

Windmills Trail